26.6.07

Iz sobre o arco-íris

Israel "Iz" Kamakawiwo Ole foi o mais influente músico do arquipélago do Havaí. Brother Iz - como era chamado em sua terra - não era grande apenas no sobrenome. Tinha quase um metro e noventa e ocupava bastante espaço com seus 350 quilos. Mas ele tinha um estado de epírito tal que parecia não se incomodar com sua imagem obesa. Pelo contrário, estava totalmente à vontade com seu peso e tirava proveito dela em seus vídeos e discos que tinham capas surreais. Tinha uma vida ativa: envolveu-se com questões políticas do arquipélago e foi ativista a favor da sua independência. Mas, apesar de sempre alegre e sorridente, tinha dificuldades para caminhar e vários problemas de saúde devido à obesidade, que acabou causando a sua morte aos 38 anos de idade, no dia 26 de junho de 1997, há 10 anos.


Brother IZ tocando o seu maior sucesso: uma regravação de Under the Rainbow e What a Wonderful World.

Quer saber mais? Há poucos meses o Alexandre Inagaki escreveu um ótimo artigo sobre Iz. Confira!

19.6.07

Júpiter e o Escorpião

Uma das constelações mais fáceis de identificar é a constelação de Escorpião. É uma das poucas que realmente parece com o animal que representa. Nesta época do ano ela estará no céu durante a noite inteira. E se você encontrar o Escorpião, também encontrará o planeta Júpiter, que atualmente está bem próximo. Talvez seja até mais fácil fazer o contrário. Procurar por Júpiter - o astro brilhante que nasce no leste quando o Sol de põe no oeste - e depois tentar identificar o Escorpião. Se você estiver em uma cidade muito iluminada, espere até um pouco mais tarde, depois das nove ou dez horas da noite. Se não houver nuvens deve ser fácil identificá-lo perto do zênite (às vezes é até mais fácil do que na zona rural, pois as estrelas visíveis são as que dão a forma do o escorpião).

Veja a imagem abaixo e depois tente localizar o escorpião no céu. Passe o mouse sobre a imagem para ver como ligar os pontos.


Passe o mouse sobre a imagem para ver o escorpião

Mas não confunda Júpiter com Vênus. Ambos brilham bastante (são os astros mais brilhantes do céu depois da Lua), porém Júpiter está nascendo no leste enquanto Vênus está se pondo no oeste.

Se você procurar por Vênus hoje, irá encontrá-lo perto da Lua, e poderá aproveitar para também identificar o planeta Saturno, que está próximo. Procure a Lua no horizonte por volta das sete horas da noite ou mais tarde. Um pouco abaixo, há um astro muito brilhante que é Vênus. Entre Vênus e a Lua há outro astro brilhante, porém de menor intensidade. É Saturno. Se não houver nuvens, dá para vê-los até mesmo em uma cidade iluminada como São Paulo.


Esta imagem é válida para o dia 19 de junho. No dia seguinte a Lua estará um pouco mais distante.

A imagem acima vale para o dia 19 de junho, mas nos outros dias do mês, Vênus irá se mover muito pouco em relação a Saturno. A Lua é que não estará mais lá. Em julho, por volta do dia 17, haverá nova conjunção de Vênus com a Lua crescente, que estará mais próxima dos dois planetas.

Finalmente, no dia 28 de junho, a estrela brilhante que estará próxima da Lua quase cheia será Júpiter.

18.6.07

Mesa virtual

Esta semana mudei de computador e estreei uma peça de teatro. Na verdade isto foi na semana passada, mas só agora eu estou conseguindo trabalhar na máquina, e só agora a peça se encontrou (em outro post eu farei a divulgação). Então estou de volta com vários e-mails para responder, trabalho acumulado, uma enorme lista de tarefas pendendes e sem tempo para escrever.

Ainda estou me adaptando ao mouse de um botão só e às teclas diferentes, acentos e outros problemas de ambiente. Foi uma mudança de religião. Quase. O Microsoft Windows XP não sumiu de vez, e o Sun Solaris (que eu antes acessava remotamente no trabalho) agora faz companhia ao Windows e me permite trabalhar à distância, mas é o Mac OS X que domina e controla tudo, e que me proporciona o som ambiente.

Agora trabalho no caos que é representado pela tela deste computador de onde escrevo. Normalmente eu tento mantê-lo sob controle, mas com três sistemas que podem rodar simultaneamente e minha natural capacidade de dispersão há um grande risco de entropia.


Desktop da minha máquina (Apple MacBook Pro) rodando o sistema operacional Apple Mac OS X (10.4.9), com o Microsoft Windows XP e Sun Solaris 10 se intrometendo (clique para ver uma imagem maior).

Tive a idéia de postar o desktop depois de ver meu blog estava parado e não encontrar tempo para escrever algo interessante, e também depois de passar uma hora (que poderia ter usado para escrever) lendo outros blogs, principalmente o post do Marcos Donizetti que postou sua área de trabalho inspirado neste outro post. É coisa de übergeek. Mas, e o seu desktop, que cara tem?