14.10.06

No meu quarto há um anjo

No meu quarto há um anjo. Eu não consigo vê-la, mas eu sei que ela está aqui; sempre esteve desde que eu me lembro. Ela está lá, no meu quarto, no meu sonho. Ela tem meus olhos e algo mais que eu só encontro na minha mente, mas ela não sou eu, assim como eu não sou ela. Disto eu estou certo.

Diante da janela assisto o universo girar, e eu canto. Eu olho para baixo e não vejo nada, então deixo que minha cabeça escorregue janela abaixo. Eu caio como se voasse. É uma sensação estranha. Sinto o vento, ele me estica; é meio doloroso, mas não há dor ao atingir o chão. Sinto o cheiro do oceano, e como sempre, ela está lá. Eu consigo sentir sua respiração acariciando minha orelha.

Este lugar perto do mar está bem além da janela. Para chegar aqui da última vez cruzei um labirinto de pontes e monstros. Quando eu a encontrei dentro do castelo, nos demos as mãos e subimos pelas escadas espirais da torre mais alta. Lá em cima, ela abriu a porta e nos deparamos com esta mesma praia iluminada pelo luar. E lá, diante do mar, estava a mesma árvore torta e azulada.

Mas isto foi da outra vez. Desta vez eu simplesmente caí da janela.

Naquele mundo eu sou apenas um menino. Lá nos sentamos no balanço que pende do galho mais longo da cerejeira azulada. Sentamos face a face, e nos olhos dela eu vejo a mim. Eu nunca consigo lembrar do seu rosto.

Adormeci mais uma vez e quando acordei estava novamente diante da janela. Parecia a mesma janela, mas o céu estava nublado e abaixo de mim não havia mais o nada, apenas a cidade.

(publicado originalmente em inglês)

4 comentários:

Mariana disse...

Olá, Helder! Da outra vez disse que nunca ia a tempo de tentar adivininhar qual era a obra de arte, por isso desta vez estou a avisá-lo, acabei de postar a mais recente adivinha. :)

DaniCast disse...

Lindo.

Desiree disse...

que poético! parabéns... e morri de rir com seu comentário sobre "arrependimento dá cancer"... mas não sou eu quem acha isso!

bjs

Ana disse...

Oi Helder... nunca tinha vindo por estas paragens, mas gostei viu? vou voltar sempre rss um bj